Médica formada na Facimed é aprovada em dois concursos públicos em São Paulo

Médica formada na Facimed é aprovada em dois concursos públicos em São Paulo

Atualmente ela trabalha na Unidade Básica de Saúde e aguarda pela convocação de outro concurso

Marta Alves de Moraes se formou no curso de Medicina em 2015 pela Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal (Facimed) e antes mesmo da conclusão da graduação já foi aprovada em seu primeiro concurso público, como Médica de Clínica Geral no município de Espigão D´Oeste e logo depois em Ministro Andreazza.

Medicina sempre foi o sonho de Marta, que desde pequena lutou muito para ter tudo o que ela conquistou hoje. Sempre focada nos objetivos, buscou também a aprovação também em residência, foi aí que decidiu vivenciar novas oportunidades. “Em Barretos, interior de São Paulo, fiz 1 ano e 7 meses de residência na Santa Casa de Misericórdia e estágio no Hospital do Câncer Pio XII, atualmente chamado de Hospital do Amor. Depois refiz prova para R2 em Uberaba Minas Gerais e terminei a ginecologia e obstetrícia pelo hospital Mário Palmério, que é o hospital da Universidade de Uberaba (UNIUBE) referência no estado”, destacou.

Marta recentemente foi aprovada em dois concursos públicos em Barretos, atualmente ela trabalha na Unidade Básica de Saúde Dr Lotfallah Mizziari e aguarda pela convocação de outro concurso. Nos fins de semana também atende no Hospital Frei Gabriel em Frutal, Minas Gerais.  A intenção de Marta é dividir o tempo entre ginecologia e clínica.

A Médica garante que a formação na Facimed foi fundamental para suas conquistas. “Tenho orgulho em dizer que tive uma excelente base dos meus conhecimentos médicos graças a Facimed e aos excelentes profissionais que nela atuam, sem os quais eu não teria êxito em tantas aprovações em concursos e residências médicas. É nítido de que cabe ao estudante buscar além do que é oferecido, mas para isso eles necessitam de um norte e este norte a Facimed fornece com sucesso. Tudo que é disponibilizado na instituição não deixa a desejar para nenhuma instituição”, finalizou a Médica.