Estudantes de Medicina Veterinária participam de aula sobre Fiscalização em Costa Marques

Estudantes de Medicina Veterinária participam de aula sobre Fiscalização em Costa Marques

Durante a visita técnica, os acadêmicos participaram de um curso de simulação ao atendimento a suspeita de casos de febre aftosa

A Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal (Facimed) tem uma importante parceria com a Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron). Desde 2014 a instituição leva os estudantes de Medicina Veterinária para uma aula de Vigilância e Fiscalização Ambiental e de Fronteira, no município de Costa Marques, distante a 406 quilômetros de Cacoal. Acompanhados pelos professores Cristian José da Silva e Damaris Oliveira Bezerra do Nascimento, os estudantes do 7º e 9 períodos integrais e 10º noturno participaram de um curso de simulação ao atendimento a suspeita de casos de febre aftosa.  “Antes de começar o curso é feita uma revisão teórica com os estudantes e após isso, eles partem para a prática. Essa parte é muito interessante, os grupos apresentam suas conclusões sobre a simulação de casos e as possíveis origens e medidas que serão adotadas. Tudo isso navegando pelo Rio Guaporé dentro da embarcação Quero-Quero do Idaron ”, explicou o professor Cristian.

Edison Lorran Jerdlicka Coelho do 9° integral foi um dos acadêmicos participantes. “Pudemos ver como os profissionais da Medicina Veterinária trabalham defendendo nossa fronteira contra a entrada de animais e possíveis doenças para eles e para a população, foi incrível! O trabalho desenvolvido por lá é cheio de obstáculos e vimos na prática como é complicado todo o processo de internacionalização e vigilância de outro país”, contou.

Aline destaca a aula prática como uma das melhores experiências durante o curso. “Ter adquirido conhecimento diretamente com os Médicos Veterinários da Idaron, ouvir suas experiências, ver como trabalham, tanto em território brasileiro quanto em território boliviano, foi algo inexplicável. Além disso, participamos de uma simulação de atendimento a uma propriedade com suspeita de doença vesicular, confesso que me senti em um atendimento real, pois senti o peso da responsabilidade e a apreensão em cada animal avaliado”, disse Aline Nogueira Silva do 7° integral.

Todo o curso foi ministrado pelo Médico Veterinário Dr. Márcio Alex Petro, Coordenador Técnico da Agência Idaron.