Alunos, colaboradores e professores do UNIFACIMED são vacinados contra COVID-19

Alunos, colaboradores e professores do UNIFACIMED são vacinados contra COVID-19

Eles receberam a 1ª dose da vacina AstraZeneca

Os Acadêmicos do UNIFACIMED que estão atuando em estágios em Unidades Básicas de Saúde, hospitais do município, empresas, clínicas e em outras localidades, juntamente com os professores e colaboradores da instituição, começaram a receber a vacina contra a Covid-19 na última quarta-feira (02/6).  Os grupos receberam a 1º dose da vacina AstraZeneca. No caso dos estudantes, foram imunizados aqueles dos cursos de Enfermagem, Odontologia, Fisioterapia, Medicina, Farmácia, Psicologia, Educação Física e Medicina Veterinária que prestam atendimentos à população. 

Para a Diretora do UNIFACIMED, Adriele Fontes, a vacinação de acadêmicos, professores e colaboradores do Centro Universitário, vem para reduzir o número de contágio, internações e casos graves da doença. “A vacinação é uma ação de saúde coletiva.  Ao sermos imunizados, automaticamente estamos nos protegendo individualmente e protegendo também aqueles que estão ao nosso redor”, pontuou a gestora da unidade. 

A coordenadora do curso de Enfermagem, Teresinha Cícera Teodoro, acompanhou a vacinação e destacou a importância da imunização para os estudantes que estão em período de estágio e consequentemente a população que é atendida por eles. “ Os acadêmicos estão diretamente ligados à comunidade e diante deste contexto de pandemia eles precisam estar imunizados. Atender a população sem estar imunizado gera ao acadêmico uma insegurança, assim como também nas pessoas que são atendidas. A imunização dos estudantes é um ganho muito grande para ambas as partes”, afirmou a professora. 

Diego Bezerra, acadêmico de Medicina, recebeu a vacina e não escondeu a emoção de poder estar sendo imunizado com a 1º dose. “ É uma sensação de muita felicidade, alívio e gratidão por conseguirmos a tão sonhada vacina, já que estamos constantemente prestando atendimento à comunidade”, disse o futuro médico.