Projeto Rondon convida Facimed para participar da Operação Teixeirão

A instituição será a única da região da Zona da Mata a participar do projeto

Após mobilizar 310 universitários de várias partes do país em uma ação comemorativa aos 50 anos de existência do Projeto Rondon, em julho deste ano, uma nova edição vai acontecer entre os dias 18 de janeiro a 4 de fevereiro de 2018.  A Operação Teixeirão, irá atender comunidades de vários municípios do estado de Rondônia. Entre as 7 instituições de ensino superior convidadas, a Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal (Facimed), é a única da região da Zona da Mata a participar. Os acadêmicos ficarão responsáveis pelo atendimento no município de Governador Jorge Teixeira que fica a 230 quilômetros de Cacoal, a pequena cidade com população de pouco mais de 10 mil habitantes, destes 5 mil moradores da zona rural, receberá atendimentos nas áreas de odontologia, medicina veterinária, biologia e fisioterapia.

Os professores Jorge Felipe Filho e Zilanda Martins de Almeida, são os responsáveis por acompanhar os estudantes no trabalho social. "O Projeto Rondon transforma a vida dos estudantes e também da população local onde acontecem as atividades. Por meio de ações preventivas e educativas vamos formar multiplicadores, ensinar e levar o conhecimento para grupos de pessoas por meio de palestras e oficinas práticas para que eles possam passar isso para frente e reproduzir essas ações. Pouco a pouco vamos conseguir transformar a vida deles para melhor, queremos deixar nossa marca naquela cidade pelas coisas boas que vamos fazer por lá”, destacou Zilanda.

Desenvolvido pelo Ministério da Defesa, em parceria com governos estaduais, municipais e Instituições de Ensino Superior públicas e privadas, o Projeto Rondon contribui para a formação do jovem universitário como cidadão e para o desenvolvimento nas comunidades carentes, os estudantes trocarão o período de férias pela oportunidade de contribuir na qualidade de vida e bem-estar de comunidades.

Gustavo Andrade de Armondes do 7º período de Odontologia, é um dos que irão encarar essa grande aventura. “Esse projeto faz parte de nossas atitudes humanas, ele nos ajuda a entender como é a vida fora da nossa zona de conforto, onde existem várias pessoas precisando de atendimento, de uma palavra, de uma mão amiga, de um aprendizado e acima de tudo de carinho”, apontou o acadêmico.

As cidades beneficiadas pelo Projeto Teixeirão serão: São Francisco do Guaporé, Alto Alegre dos Parecis, Mirante da Serra, Theobroma, Vale do Anari, Governador Jorge Teixeira, Nova União e Vale do Paraiso.