Acadêmicos de Fisioterapia da Facimed participam de projeto pioneiro de ginástica laboral

Acadêmicos de Fisioterapia da Facimed participam de projeto pioneiro de ginástica laboral

A convite da Fisioterapeuta Hellen, os estudantes realizam a ginástica laboral com os servidores do Hospital Regional de Cacoal

Com o objetivo de melhorar a saúde e as condições físicas e psicológicas dos funcionários do Hospital Regional de Cacoal, a Fisioterapeuta e servidora pública, Hellen Christina Souza Pereira, desenvolveu um projeto pioneiro no estado com a parceria da Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal (Facimed).

Acadêmicos e professores da instituição juntamente com a fisioterapeuta, realizam ginástica laboral dentro do ambiente de trabalho dos colaboradores do hospital. “A ideia do projeto surgiu de uma grande dificuldade em atender a demanda do Hospital Regional de Cacoal e mérito seja dado, em uma conversa com a minha chefe de setor a Enfermeira Cleisiane Joise, ela me sugeriu tentar parcerias com instituições de ensino.  A partir disso montei o projeto, busquei as informações e aprovações necessárias e a parceria com a Facimed. A participação dos acadêmicos tem sido bem recebida pelos servidores das três Unidades de Terapia Intensiva (2 adultas e 1 pediátrica), Centro Cirúrgico e Central de Material e Esterilização”, destacou a Fisioterapeuta.

A ginastica laboral está sendo realizada semanalmente na segunda e quarta-feira e conta com a participação de 20 acadêmicos de Fisioterapia da Facimed. “Está sendo uma ótima experiência, saber na prática como é esse tipo de atendimento já nos adianta muito a visão da nossa atuação como Fisioterapeuta dentro das empresas depois do término da graduação, o receio já começa a ficar para trás e a nossa confiança aumenta”, contou o estudante do 8º período, Haroldo Júnior Bianchini Moreno.

As atividades são acompanhadas pelos professores, Dr. Heriton Marcelo Ribeiro Antonio e Jaime Andrade, dentro da disciplina de saúde do trabalhador. A ginástica laboral é uma das grandes aliadas no combate a má postura corporal e a fadiga originada por esforços excessivos ou repetitivos no ambiente de trabalho.

Para manter um bom ambiente de trabalho e reduzir o número de afastamento por problemas de saúde, as empresas podem proporcionar momentos de relaxamento e atividade físicas aos funcionários, por meio da ginástica laboral.