Acadêmicos de Farmácia aprendem com o método de ensino baseado em problemas

A prioridade da aula é o estímulo ao raciocínio lógico

25 acadêmicos do 6º período de Farmácia da Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal- Facimed, se reuniram para entender como funciona o sistema nervoso autônomo, eles foram orientados, pelo professor Robson Moraes, para que formulassem um pensamento crítico e reflexivo sobre o assunto, com a construção de um conhecimento baseado na busca ativa pela informação, partindo de um problema concreto para discussão de um conteúdo. Esse método de ensino é chamado PBL uma sigla que vem do inglês “Problem Based Learning” que representa a Aprendizagem Baseada em Problemas, um novo método de ensino que vem ganhando espaço entre os educadores.

Professor Robson, explica que a prioridade da aula é o estímulo ao raciocínio lógico. “Inicialmente os acadêmicos são expostos a uma indagação, no caso, eles teriam que responder como funciona o sistema nervoso autônomo, simpático e parassimpático, seus neurotransmissores, seus receptores e as ações desenvolvidas no final para ativação desses sistemas. Então, eles construíram uma tabela sobre o assunto. Ao término, eles explicaram as ações do sistema simpático e parassimpático para cada órgão do corpo, sendo essa explanação em grupos”. Destacou.