Acadêmicos de Biologia da Facimed fazem visita técnica na fazenda de peixe Boa Esperança

No local se comercializa aproximadamente 7 milhões de alevinos por ano

Localizada no município de Pimenta Bueno a 42 quilômetros de Cacoal, a Piscigranja Boa Esperança do proprietário e Piscicultor Pedro Megumi, produz e comercializa aproximadamente 7 milhões de alevinos por ano e é um dos grandes responsáveis pela disseminação do tambaqui em cativeiro, principal espécie produzida no estado de Rondônia.  “Seu Pedrinho” como é conhecido, é pioneiro na produção de peixes em cativeiro no estado de Rondônia. Para entender a produção dos peixes, acadêmicos de Ciências Biológicas da Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal (Facimed) realizaram uma visita técnica no local, a aula teve como objetivo realizar a abordagem de conteúdo das ciências da natureza na prática e visualizar no dia a dia as técnicas de reprodução, cuidados e manutenção de espécies aquáticas em cativeiro para finalidade comercial.

Os estudantes foram acompanhados pelas professoras Andréa Grava e Ana Paula Melo. “Em destaque buscou-se ampliar o embasamento teórico dos alunos sobre temas e problemas atuais dentro da Limnologia e Licenciamento Ambiental e, em especial, a profissão, destacando os assuntos relacionados com a investigação científica, clima e qualidade ambiental através do intercâmbio com profissionais especialistas nas áreas da Biologia”, destacou a professora Ana Paula.