Cursos

Engenharia Elétrica

Descrição

Autorizado pela Portaria nº 622, de 04/09/2015
E-mail:
 eng.eletrica@facimed.edu.br


O que faz o Engenheiro Eletricista? 

O engenheiro eletricista Trabalhacom geração,  transmissão e a distribuição da energia elétrica. Ele está habilitado a construir e a aplicar sistemas de automação e controle em linhas de produção industrial. Trabalha, também, no desenvolvimento de componentes eletroeletrônicos, na operação e manutenção de equipamentos em hospitais e clínicas e em projetos de instalações elétricas. Participa do projeto e da construção de usinas hidrelétricas, termelétricas e nucleares. Além das concessionárias de energia, são tradicionais empregadores o setor de telecomunicações, as fábricas de celulares, as indústrias de equipamentos, as fábricas de motores e geradores, as consultorias e as empresas prestadoras de serviços em computação. Você pode começar a carreira como tecnólogo. 


Como é o curso?

O curso inicia-se com disciplinas básicas como físicas, cálculos e a seguir o acadêmico mergulha em disciplinas de formação profissionalizantes onde realizaaulas práticas, experimentos em laboratórios de eletrônica, eletrotécnica, instalações elétricas prediais, industriais, máquinas elétricas, entre outros. A formação profissionalizante tem início no quarto período, com aulas de projetos de circuitos elétricos, eletrônica, sistemas digitais e resistência de materiais, entre outras. Disciplinas de economia e administração também integram o currículo. O estágio e um trabalho de conclusão do curso são obrigatórios.  A instituição possui 100 vagas anuais, com turmas nos períodos vespertino e noturno. 


Onde posso Trabalhar?

No setor público, as oportunidades estão não apenas na geração de eletricidade, em hidrelétricas, termelétricas ou usinas movidas a biomassa, mas também na gestão e no aperfeiçoamento dos sistemas de transmissão e distribuição. No setor privado, a modernização dos serviços de telecomunicação no Brasil, com a popularização da TV digital e a transmissão de dados de quarta geração (internet 4G) também abrem perspectivas. As melhores oportunidades de emprego estão em empresas de tecnologia da informação, além dos polos industriais das regiões Sul e Sudeste. Mas um grande mercado para esse engenheiro são os órgãos públicos (ministérios, agências reguladoras e companhias de energia).O Plano Decenal de Expansão de Energia 2023, do Ministério de Minas e Energia, prevê investimentos de R$ 1,3 trilhão nos próximos anos no setor elétrico, o que deve elevar a procura por profissionais da área.


Diferenciais da Facimed: 

Matriz curricular moderna com programações e conteúdos integrados.

Aulas práticas desde o inicio do curso.

Laboratórios modernos.

Aulas de tutorias e aprimoramento em ambiente virtual e presencial.

Acompanhamento individual do desenvolvimento dos alunos.

Detalhes
  • Duração: 5 anos

Professores
Coordenadores
Cadastro de Intenção de Curso

Não há turmas disponíveis para este curso! Entre em contato conosco para saber mais informações.

Compartilhe nas Redes Sociais

Engenharia Elétrica